Low – Trust (2002)

Depois de oito anos refinando e aperfeiçoando a essência daquele gênero pesado e obscuro conhecido como “slowcore”, o Low construiu uma história de fundo. Com ferramentas fornecidas por Galaxie 500, Red House Painters e Spacemen 3, seus dois primeiros álbuns, I Could Live in Hope de 1994 e Long Division de 1995, desenharam o modelo para o slowcore como o conhecemos hoje. Eles são os pioneiros de um gênero de variáveis limitadas – onde artistas inovadores que se deslocam muito para a esquerda se tornam “drone” ou “psicodélico”, e aqueles que se deslocam para a direita são rotulados de “dream-pop” ou “shoegazer” — que floresceu em meados dos anos 90, mas agora parece um pouco sem ideias.

Data do lançamento: 24/09/02.

Texto Original:

Kátia Freitas – Próximo (2002)

Segundo álbum musical da cantora Kátia Freitas, Próximo simboliza um apanhado de canções simples e de bom gosto. Depois de um hiato de quatro anos, a artista cearense se reinventou fazendo justamente aquilo que dela estava mais próximo. Ou seja, música boa para tocar no rádio. Mas, mais do que isto, música para tocar a alma. São 11 faixas em que prevalece a parceria com o guitarrista Cristiano Pinho, mas com algumas versões para músicas não muito usuais de Zeca Baleiro, Fausto Nilo, Antônio José Forte e até Caetano Veloso. Há até uma versão inusitada para What Is Life, de George Harrison, que ela chamou de “O que é a vida?. Destaque para as canções 1) Mil Dias, 8)Almanaque e 11) Uns.

Data do lançamento: 11/07/2002.

Saiba mais: